Coletânea da Editora Unesp analisa o que pensavam os ministros da Fazenda de 1889 a 1985

Livro está disponível para compra

Em 30/05/2021 21:12
Atualizado em 31/05/2021 16:08

Notícia por ABEU

Coletânea da Editora Unesp analisa o que pensavam os ministros da Fazenda  de 1889 a 1985

Âncora do desenvolvimento nacional, o Ministério da Fazenda nasceu meses após a chegada da família real portuguesa ao Brasil em 1808 e, ao longo do Império, e sobretudo na República, acomodou grandes nomes do horizonte político brasileiro, ganhando centralidade nos processos decisórios do rumo da nação pelas trilhas econômicas. Mas quem foram e o que pensavam os homens que ocuparam essa cadeira entre 1889 e 1985? Com objetivo de responder a esta pergunta e desdobrar as trajetórias pessoais, políticas e intelectuais dos ministros da Fazenda do Brasil República, Ivan Colangelo Salomão organizou o livro "Os homens do cofre: o que pensavam os ministros da Fazenda do Brasil Republicano (1889-1985)", lançamento da Editora Unesp.

Ao longo de 17 ensaios, pesquisadores de diversas universidades brasileiras se debruçam sobre as trajetórias dos mais representativos ministros da Fazenda entre 1889 e 1985, em textos acessíveis ao leitor não iniciado em assuntos econômicos. Segundo o autor do livro, procurou-se cotejar o pensamento de tais autoridades com as medidas por elas adotadas enquanto à frente do principal cargo público da República, trazendo à baila os mais significativos acontecimentos econômicos observados durante as respectivas gestões.

A obra está disponível para compra no site da Editora Unesp.


Tags da postagem

editora unesp